Caspa – O que é e como identificar se você está com caspa

A caspa é um problema capilar que além de causar incômodo, pode acabar atingindo a auto estima dos pacientes que sofrem com os sintomas como a descamação do couro cabeludo. Embora não seja uma doença alarmante, é importante saber identificar se você está com caspa, já que o problema pode ser o sintoma de uma doença mais grave como a dermatite seborreica.

A caspa em si é algo fisiológico que acontece principalmente pela renovação celular da pele no couro cabeludo, uma etapa natural do ciclo de vida da pele de todo o nosso corpo. No entanto, em algumas pessoas, o problema pode acontecer em excesso e acabar causando desconforto e até mesmo preocupação.

Veja a seguir como identificar se você está com caspa e o que fazer para amenizar o quadro!

O que é a caspa?

A caspa nada mais é do que uma pequena descamação da região do couro cabeludo que pode ser desencadeada pela troca de pele da região, pelo excesso da produção de óleo do couro capilar ou por uma dermatite seborreica, uma inflamação que acontece na pele de várias partes do corpo, normalmente as mais oleosas. No entanto, no caso de seborreia, as descamações são maiores e mais secas.

Além disso, a caspa também pode ser um sintoma de quadros de estresse e problemas hormonais.

Como identificar se você está com caspa

Os principais sintomas da caspa são:

  • descamação do couro cabeludo que podem cair nos ombros;
  • vermelhidão;
  • coceira.

No entanto, esses podem ser sintomas de outros problemas capilares, e é importante consultar um tricologista para um diagnóstico mais preciso do quadro.

Como os sintomas surgem?

O primeiro sintoma que os pacientes notam são os flocos de descamação, que aumentam à medida que o corpo renova as células da pele do couro cabeludo, fazendo com que novas células apareçam em excesso no couro cabeludo e descamem.

Apesar de ser o sinal mais visível do problema, a coceira pode aparecer muito antes das descamações, e deve ser investigado sempre que aparecer.

Como tratar a caspa?

O tratamento vai variar do grau de descamação do couro cabeludo e do motivo, já que a caspa pode ser um sintoma de doenças mais graves como a inflamação da pele nessa região. Nos casos de caspas naturais que acontecem devido à renovação celular, o mais indicado para tratar o problema são shampoos anticaspas.

Como evitar a caspa?

Como na maioria dos casos a caspa é algo fisiológico, não existe uma forma de evitar que elas surjam no couro cabeludo. No entanto, mudar alguns hábitos ajuda a diminuir a quantidade de caspas na região e evita que o quadro se agrave.

Algumas mudanças importantes são:

Tomar banhos frios

A água quente do chuveiro pode ser um grande inimigo dos cabelos, já que abre os poros capilares e estimula as glândulas da região a produzir mais oleosidade. Com o cabelo mais oleoso, a tendência é que haja mais descamação, já que o excesso de sebo deixa a região úmida e abafada.

Leia também O que causa a oleosidade no cabelo?

a temperatura ideal do banho deve ser sempre morna ou fria, já que a água quente estimula a produção de oleosidade no couro cabeludo
a temperatura ideal do banho deve ser sempre morna ou fria, já que a água quente estimula a produção de oleosidade no couro cabeludo

Prefira sempre banhos frios e mornos, e evite ao máximo águas muito quentes. 

Evite aparelhos que usam altas temperaturas

Assim como a água em temperatura muito elevada, aparelhos como o secador e a chapinha que usam o calor para funcionar, podem aumentar o excesso de oleosidade no couro cabeludo. Como resultado, aumentam a incidência de descamações da pele da região.

Não durma com cabelos molhados

Dormir com os cabelos úmidos ou molhados também é um hábito que piora os quadros de caspas, podendo até mesmo levar ao desenvolvimento de uma dermatite seborreica. Isso porque, ao deixar a região úmida e abafá-la com o travesseiro, as chances de do desenvolvimento de fungos é ainda maior.

evite dormir com os fios molhados, já que além de aumentar a proliferação de fungos na região, esse hábito aumenta a descamação do couro capilar
evite dormir com os fios molhados, já que além de aumentar a proliferação de fungos na região, esse hábito aumenta a descamação do couro capilar

Além do mais, ao abafar a região molhada, a pele do couro cabeludo amolece e acaba se soltando em maiores quantidades, agravando ainda mais o problema.

Não use bonés e chapéus com muita frequência

Principalmente em dias muito quentes, os bonés e chapéus são acessórios que acabam abafando a região do couro cabeludo. Em conjunto com o suor, a região fica mais úmida e tem mais chances de causar caspas no cabelo.

Procure usar bonés apenas quando for realmente necessário para que os poros do couro cabeludo consigam respirar adequadamente.

Evite o acúmulo de produtos no couro cabeludo

Acumular shampoos, condicionadores e até mesmo máscaras de hidratação no couro cabeludo é algo que entope os folículos capilares e aumenta a oleosidade na região.

O ideal para lidar com o problema é fazer uma lavagem pelo menos 1 vez na semana com um shampoo anti resíduos para retirar todo o excesso de sujeira dos fios. 

qualquer produto usado nos cabelos pode acabar acumulando na raiz, sendo importante fazer a lavagem correta dos fios para evitar que isso aconteça
qualquer produto usado nos cabelos pode acabar acumulando na raiz, sendo importante fazer a lavagem correta dos fios para evitar que isso aconteça

Lembre-se, porém, que esses produtos podem ser prejudiciais quando usados em excesso, e devem ser usados esporadicamente para evitar danos nos fios.

Não lave os cabelos todos os dias

Diferente do que muitos acreditam, lavar os cabelos todos os dias pode aumentar o excesso de oleosidade. Afinal, quando retiramos toda a gordura natural dos fios, o couro cabeludo sofre um efeito rebote, que nada mais é do um aumento na produção da oléo como uma forma de defesa. Com isso, a tendência é que as caspas aumentem ainda mais.

O ideal é lavar os cabelos em dias alternados e nunca ficar 3 dias sem fazer a higiene da região, já que isso também contribui para o aumento da caspa.

A caspa pode causar a queda de cabelo?

Sim. O aumento da oleosidade dos fios e caspa pode enfraquecer os cabelos e causar a queda por deixá-los quebradiços. Em conjunto, o problema também pode alterar as fases do ciclo dos fios e reduzir o tempo de crescimento dos cabelos, fazendo com que caiam com mais facilidade e antes da hora.

Depois de ver o que é a caspa e como identificar se você está com caspa, procure ajuda de um especialista caso note um dos sintomas descritos acima. Apesar de ser algo natural, a caspa também pode significar quadros mais graves de doenças capilares como a dermatite seborreica, que precisam ser tratadas adequadamente.

Deixe uma resposta

Abrir Chat
1
Precisa de Ajuda?
Se precisar pode me chamar, meu nome é tatiana e estou disponível para te explicar como nosso produto pode te ajudar com queda e crescimento capilar 😀👍