O que é finasterida, para que serve e como usar?

o que é finasterida

Alguns pacientes que sofrem com a queda de cabelo em excesso ou calvície precisam de fármacos que auxiliem no tratamento para conter os sintomas e reverter a situação. Afinal, na maioria desses quadros, existe uma questão genética ou fisiológica que faz com que a perda capilar seja maior. Um desses medicamentos é a finasterida, usada principalmente em quadros de calvície masculina.

As causas mais comuns da calvície envolve problemas hormonais e genética, já que a produção excessiva de hormônios andrógenos como a testosterona aumenta as chances da queda capilar. Para que a produção desses hormônios seja regularizada, os tricologistas podem recomendar fármacos como a finasterida, que auxiliam no tratamento e prevenção da calvície principalmente em homens.

Entenda melhor a seguir sobre o que é a finasterida, como usá-la e como ela atua no organismo.

O que é finasterida?

A finasterida é um medicamento que atua no couro cabeludo vendido em forma de comprimido sendo de uso oral. Porém, existem alguns estudos que buscam a fórmula do medicamento para uso tópico, a fim de diminuir os efeitos colaterais da finasterida.

Como a finasterida atua?

A testosterona é o hormônio masculino responsável pelo desejo sexual, crescimento de pelos na barba e também pelo engrossamento da voz, sendo considerado o principal hormônio masculino. No entanto, a testosterona também é produzida na mulher pelos ovários, fazendo com que um desequilíbrio na produção desse hormônio cause a síndrome do ovário policístico, que tem como um dos sintomas a perda capilar.

a finasterida atua diminuindo a ação do DHT no organismo masculino, o que contribui para uma diminuição da queda capilar
a finasterida atua diminuindo a ação do DHT no organismo masculino, o que contribui para uma diminuição da queda capilar

A testosterona é produzida em maior quantidade pelos testículos e é convertido em dihidrotestosterona pela próstata e folículos capilares, sendo o DHT um hormônio de 2 a 5 vezes mais intenso do que a própria testosterona.

Apesar de ser um hormônio importante para o amadurecimento do sistema reprodutor masculino, o DHT se conecta aos receptores androgênicos que estão presentes nos folículos capilares e fazem com que a fase de crescimento dos fios diminua, reduzindo o calibre e atividades dos folículos. Dessa forma, os cabelos caem mais rapidamente, e podem até mesmo parar de crescer por completo, causando a calvície ou alopecia.

A finasterida atua inibindo a enzima que converte a testosterona em DHT, diminuindo os níveis do hormônio no organismo, o que consequemente controla a perda capilar. Assim, a finasterida pode ser usada principalmente para controlar e também fazer a prevenção em pacientes com genética predisposta à calvície.

A finasterida pode ser usada em mulheres?

Apesar de ser um medicamento usado principalmente pelos pacientes masculinos, alguns especialistas podem recomendar a finasterida para uma classe de pacientes femininos.

Por produzir menos testosterona do que os homens, as mulheres não costumam demonstrar resultados tão satisfatórios em quadros de calvície feminina ao usarem a finasterida.

No entanto, em mulheres que sofrem de SOP, pode ser necessário o uso do medicamento em quadros de queda capilar excessiva, já que nesses casos a produção da testosterona acaba sendo maior do que o normal.

O maior problema do medicamento quando usado em mulheres é o seu efeito colateral de má-formação fetal durante a gestação. Na bula, inclusive, existe uma advertência de que mulheres grávidas não podem sequer manusear o medicamento, já que o pó do comprimido poderia ser absorvido pela pele em algum nível e chegar à placenta.

Sabendo disso, nos casos em que a mulher precisa tomar o medicamento, é imprescindível que use métodos contraceptivos rigidamente para evitar uma possível gravidez. Contudo, o mais comum é que esse medicamento seja prescrito por médicos especializados em pacientes já na menopausa ou que sofrem com infertilidade.

a finasterida é usada em mulheres apenas quando as outras alternativas de tratamentos não foram eficazes
a finasterida é usada em mulheres apenas quando as outras alternativas de tratamentos não foram eficazes

Além disso, a finasterida é usada em mulheres apenas quando os outros tratamentos não foram eficazes para o quadro de queda capilar.

Como usar a finasterida?

O medicamento é administrado via oral uma vez ao dia durante pelo menos 3 meses, sendo importante consultar um médico antes de começar a ingerir esse e qualquer outro medicamento.

Em quanto tempo a finasterida começa a fazer efeito na queda de cabelo?

A diminuição da queda de cabelo pode ser notada no final do tratamento de 3 meses, na maioria dos casos. Porém, como cada organismo responde ao tratamento de uma forma diferente, é impossível quantificar o ganho do paciente com o tratamento.

Em cerca de 40% dos casos, os pacientes mantém os cabelos que já existem e notam uma diminuição da perda capilar. Em outros 30%, além de manter os cabelos que já existiam, o paciente consegue recuperar parte dos fios perdidos.

Nos 30% restantes, os indivíduos que usam a finasterida não demonstraram resposta ao tratamento.

Quando devo usar a finasterida?

A finasterida deve ser usada apenas quando um médico especializado indicar como forma de tratamento. Isso porque, em alguns casos específicos, o tratamento para queda de cabelo pode ser feito sem o uso do fármaco, de uma forma mais simples e ainda assim eficaz.

A finasterida também atua no crescimento da barba?

Sim. Uma vez que a barba é efeito direto da ação do DHT e da testosterona, visto que ambos são hormônios masculinos responsáveis pelo crescimento dos pelos em homens, o uso da finasterida pode auxiliar no seu crescimento. Como o efeito do DHT é reduzido, os fios da barba tendem a crescer com maior facilidade, assim como acontece nos cabelos.

por ter ação direta nos hormônios responsáveis pelo crescimento da barba, a finasterida também auxilia no seu crescimento
por ter ação direta nos hormônios responsáveis pelo crescimento da barba, a finasterida também auxilia no seu crescimento

Embora os efeitos de crescimento desses pelos possam ser notados entre 4 e 6 semanas, é importante consultar um especialista antes de começar a ingerir o medicamento também para tratar a barba.

Depois de ver mais sobre o que é a finasterida, como ela funciona e como usar, consulte um tricologista para discutir a possibilidade de um tratamento com o remédio. Afinal, ingerir fármacos sem prescrição médica pode ser perigoso para a saúde e causar efeitos colaterais indesejados.

Deixe uma resposta

Abrir Chat
1
Precisa de Ajuda?
Se precisar pode me chamar, meu nome é tatiana e estou disponível para te explicar como nosso produto pode te ajudar com queda e crescimento capilar 😀👍