Coenzima Q10 – O que é e para quê serve?

A coenzima Q10, também conhecida como benzoquinona (C6H4O2) está presente praticamente em todas as células do organismo humano, participando na produção de ATP (adenosina trifosfato).

É encontrada em maiores concentrações em órgãos de que necessitam de grandes demandas energéticas, como coração, cérebro, fígado e rins. Entretanto, ao longo do tempo, a produção desta substância natural sintetizada pelo organismo reduz, e desta forma, a quantidade produzida pelo organismo faz com que seja necessário realizar a suplementação por meio da dieta para promover o aporte necessário.

Molécula da coenzima Q10
Molécula da coenzima Q10
Possui ação potente de antioxidante intracelular, protegendo desta forma, as células da destruição da própria parede celular, que é resultante da ação dos radicais livres produzidos pelo metabolismo energético diariamente.
Ainda, a coenzima Q10 promove a estimulação da biogênese mitocondrial, ou seja, incentiva a produção de novas mitocôndrias no interior das células. É possível encontrar esta substâncias em duas formas distintas no organismo, as chamadas ubiquinona e ubiquinol.
Resumidamente, a ubiquinona é fundamental para a produção de energia a partir de ATP e a ubiquinol dispõe da ação antioxidante.

Devido ao seu cofator essencial para a produção de energia, a coenzima Q10 possui um papel de suma importância para os praticantes de atividade física, pois o aumento dos níveis de energia resulta em melhor desempenho físico. Ainda, o seu fator antioxidante promove proteção e redução dos danos causados pelos radicais livres resultantes da peroxidação de ácidos graxos insaturados no interior das células.

Trend Alert: Anel Personalizado

já pensou ter um anel de ouro personalizado com sua letra predileta ou sua inicial?

Assim, uma pergunta muito comum relacionada a coenzima Q10 é: qual a é a sua melhor forma?

Qual a melhor forma da Coenzima Q10?

De acordo com especialistas, não há uma melhor forma da Q10, pois ambas são fundamentais para o organismo humano, sendo constantemente convertidas uma na outra, fato este que vai estar relacionado com a necessidade de cada organismo.

O uso da Q10 é indicado para pessoas que realizam o uso de estatinas a fim de combater o colesterol, pois indivíduos em tal condição apresenta redução dos níveis de coQ10 sistêmico.

Coenzima Q10
Coenzima Q10

Outra indicação é a fim de promover reforço ao sistema imunológico (estimula produção de anticorpos e linfócitos T), já que a coenzima está relacionada com a resposta celular para com estímulos a estresse, radiação ultravioleta, radicais livres, antígenos virais e bacterianos, oxidação de LCL.

Suplementação da Coenzima Q10

Especialistas relatam que alguns fatores podem contribuir para a redução da produção da coenzima Q10, sendo elas: prática esportiva intensa, tratamento com estatinas, dieta rica em carboidratos simples, situação de estresse oxidativo, declínio natural da idade.

Desta forma, a suplementação de coQ10 é recomendada para pessoas que se encontram nestes cenários. Esta substância também possui importante papel terapêutico em relação a algumas doenças cardiovasculares, como arritmias cardíacas e hipertensão arterial. E mais que isso, a coenzima Q10 retarda o processo de envelhecimento e aumenta a capacidade física de idosos e de sedentários.

Benefícios da Coenzima Q10

São inúmeros os benefícios promovidos pela adição da coenzima Q10 a dieta, sendo elas: melhor do ritmo dos batimentos cardíacos, melhor do desempenho físico, fornece maior aporte energético para os treinos, previne enxaquecas, combate doenças cardiovasculares, retarda o processo de envelhecimento, ação antioxidante e imunoestimulante.

Você se sente melhor e mais disposto!
Você se sente melhor e mais disposto!

Entretanto, um benefício que muitos  consumidores acreditam é que a coenzima Q10 possui ação emagrecedora, pelo fato de estar relacionada com as reações celulares para a formação de energia para com a célula muscular, não há relação com a oxidação de gorduras.

Ou seja, a coQ10 é um componente fundamental para a cadeia respiratória mitocondrial na célula e tem um importante papel para a produção de ATP (energia celular) e não para com a perda de gordura, exceto pelo fato de fornecer maior aporte energético: o indivíduo possui maior intensidade para a atividade física a ser praticada e consequente há maior queima calórica.

Como consumir a CoQ10

E como tomar? Estudos atuais recomendam a ingestão diária de 100mg da coenzima para que seja observados os efeitos positivos da mesma.

Contudo, para que a suplementação tenha o máximo de efeito é indicado que a coenzima Q10 apresente uma estrutura semelhante a substância produzida naturalmente pelo organismo, o que promove uma absorção facilitada. Ainda, há componentes que podem potencializar os seus efeitos, como por exemplo, a presença de tocoferóis (vitamina E) e ômega-3, e isso se dá pelo fato de que a co Q10 tem absorção lipofílica, isto é, em meio abundante a gordura.

Alimentos ricos em Vitamina E ajudam na absorção
Alimentos ricos em Vitamina E ajudam na absorção

Desta forma, os suplementos contendo a coenzima Q10 podem ser encontradas em diferentes estabelecimentos específicos, como farmácias e redes de suplementos para atletas. O valor pode variar de acordo com a quantidade de cápsulas e laboratório responsável pela produção do medicamento, contudo, o preço médio deste produto é de R$40 para embalagens contendo 60 cápsulas de 600mg.

Caso você ainda não tenha interesse em fazer a ingestão da coQ10 através de medicamentos, saiba que você pode encontrar esta substância em determinados alimentos, os quais podem ser adicionados a sua alimentação.

Ppara que a suplementação alimentar aconteça, é necessário que você adicione a sua mesa alguns alimentos, como:

  • feijão azuki,
  • milho,
  • espinafre,
  • grão de soja,
  • carne bovina,
  • brócolis,
  • carne bovina,
  • frango, gergelim,
  • óleo de soja,
  • pistache,
  • grão de soja (seco ou cru verde),
  • nozes,
  • laranja,
  • couve-flor,
  • morangos,
  • abacate,
  • peixes (salmão, sardinha, atum).

Contudo, caso tenha dúvidas relacionadas à inserção da coenzima Q10 a sua alimentação, seja na forma dietética ou através do método medicamentoso, é indicado que você busque auxílio de um profissional da saúde, neste caso um nutricionista. Profissional este capacitado em orientar você para com a adição da coQ10, na dose e no melhor horário para melhor absorção de acordo com a sua dieta e necessidade.