Por que o estresse faz o cabelo cair? Entenda de uma vez e ainda veja algumas formas de combater esse inimigo silencioso

o estresse é um dos grandes vilões quando o assunto é queda de cabelo, sendo um dos motivos principais do problema

A queda de cabelo ainda é um problema bastante recorrente, e pode ter causas variadas que vão desde deficiências nutricionais podendo até mesmo chegar a doenças mais graves como disfunções na tireoide. Mas uma das causas mais comum dessa queda é o estresse. E uma dúvida bastante comum sobre o assunto é: por que o estresse faz o cabelo cair?

Tipos de Estresse

O estresse é uma condição em que o cérebro está sempre em alerta, sendo essa uma reação do organismo que acontece quando o corpo precisa lidar com situações que exigem um grande esforço para que possam ser superadas. Quanto mais longa e grave for a situação, mais estressada a pessoa tende a ficar.

Muito embora sempre lembramos do estresse quando estamos atarefados no trabalho, existem outrtas formas de estresse

Estresse mental

Sim, o estresse mental é aquele que nos preocupa no trabalho ou quando algum problema na vida pessoal fica insuportável.

confira no texto a seguir por que o estresse contribui para a queda de cabelo
confira no texto a seguir por que o estresse contribui para a queda de cabelo

E como você pode imaginar, estar em constante alerta não é algo saudável para nosso organismo, e pode acabar afetando diversas regiões do nosso corpo, inclusive o cabelo.

Estresse físico

O estresse físico é aquele que ocorre com o organismo durante uma atividade física. Por exemplo, se você estiver correndo uma maratona, mesmo treinado, seu corpo começa a produzir uma grande quantidade de radicais livres devido a esse esforço, e um dos efeitos pode ser queda de cabelo.

se você estiver correndo uma maratona, mesmo treinado, seu corpo começa a produzir uma grande quantidade de radicais livres devido a esse esforço, e um dos efeitos pode ser queda de cabelo.

Mas por que o estresse faz o cabelo cair?

O estresse ainda não é completamente entendido pelos médicos e cientistas, mas o que sabemos é que tanto no estresse físico quando no mental diversas substâncias são liberadas no corpo que podem dentre outros problemas causar a queda capilar.

Por exemplo, uma triatleta devido a alta carga de treinamentos tem uma quantidade de radicais livres sendo liberadas no corpo em níveis muito acima da média.

Já no estresse mental, o orgânismo pode entrar num estado tão grande de tensão que começa a ter uma produção desequelibrada de diversas substâncias, dentre eles o tão temido cortisol!

Entenda o Eflúvio telógeno

Também conhecido como Eflúvio telógeno, é uma condição que se caracteriza pelo aumento da queda diária de fios de cabelo no ciclo natural de queda e nascimento dos fios.

Lembre-se que a queda regular é normal, seus cabelos caem e crescem todo dia, mas quando a queda é exagerada a calvice fica evidente.

Na verdade o eflúvio ocorre quando algum fator encurta a fase de nascimento e crescimento dos fios, deixando um desequilíbrio entre a quantidade de fios em cada fase de desenvolvimento, dos cabelos, aumentando consequentemente a quantidade de fios preparados para cair.

Nesses casos o estresse é o principal fator causador, e faz com que os folículos capilares entrem em repouso, o que não permite que os cabelos continuam crescendo.

Depois de um certo tempo, esses fios começam a cair em um volume maior do que o natural pelo desequilíbrio do ciclo.

Alopecia areata e suposta relação com o estresse

Alopecia areata é uma doença inflamatória que provoca a queda de cabelo. Sua causa é hereditária e autoimune, ou seja, não há formas de prevenir a doença uma vez que suas causas são desconhecidas.

Muito embora desconhecidas, muitos especialistas acreditam que o estresse altera o sistema imunológico e acaba atacando os folículos capilares, ou seja, é o fator determinante.

exemplo de alopecia areata
exemplo de alopecia areata

O principal sintoma é a queda de cabelo numa região bem delimitada e circular.

Os fios começam a cair resultando mais frequentemente em falhas circulares, únicas ou múltiplas.

No caso da alopecia areata, o cabelo sempre pode crescer novamente, mesmo que haja perda total. Isto ocorre porque a doença não destrói os folículos pilosos, apenas os mantêm inativos pela inflamação.

Evitar o Estresse (seja físico ou mental), bloqueadores hormonais e medicamentos imunobiológicos ou imunomodulares são linhas comuns de tratamento para o perído de crise.

Mas lembre-se: Somente um médico dermatologista pode prescrever a opção mais adequada, nunca se automedique.

Tricotilomania

Enquanto isso, a tricotilomania é uma compulsão que faz com que os pacientes arranquem os próprios cabelos, sobrancelhas e pelos de outras partes do corpo.

Essa condição se manifesta não somente pelo estresse, mas também em decorrência de problemas emocionais como tédio, ansiedade, solidão e depressão.

Quais são os outros fatores que causam queda de cabelo?

Além do estresse, outras condições e doenças também podem acabar acarretando em perda dos fios, sendo elas:

  • carência nutricional;
  • alimentação restrita;
  • anemia;
  • infecção;
  • uso de medicamentos específicos;
  • uso de produtos químicos nos cabelos de forma incorreta;
  • menopause;
  • problemas hormonais;
  • pós-parto;
  • fatores hereditário.

Como tratar a queda de cabelo causada pelo estresse?

O primeiro passo para tratar a queda de cabelo causada pelo estresse é diminuindo os níveis de estresse no indivíduo.

Porém, alguns produtos específicos e mudanças na alimentação também podem ajudar a solucionar o problema.

Desabafar

Uma maneira bastante eficaz de combater o estresse é identificar as causas do problema e desabafar com uma pessoa próxima. Você também pode optar por terapias, que auxiliam a controlar o seu lado emocional.

Chás calmantes

Outra opção é tomar chás calmantes como camomila e tentar focar a atenção em outras situações para fugir dos conflitos pessoais. Uma excelente forma de controlar o estresse é praticando exercícios físicos para gastar a energia. Opte por corridas ou natação, já que essas atividades liberam endorfina, um hormônio que proporciona o bem-estar.

Durma bem

Além disso, o que muitos não sabem é que dormir pouco também é uma causa do estresse, e você deve tentar dormir pelo menos 6 horas por noite, sendo o ideal 8 horas de sono noturno.

Reduza a atividade física

Se os níveis de atividade física estiverem muito altos, seu corpo vai sentir e a primeira maneira de reclamar será com a queda dos cabelos.

Reduza a atividade física ou se alimente e suplemente de maneira que os radicais livres não ataquem suas madeixas.

Melhore a alimentação

Para isso, aumente o consumo de proteínas investindo em leite e derivados como iogurte e queijo, além de carnes. 

Isso porque esses alimentos ajudam na construção de novos fios e no crescimento do cabelo, o que evita a queda e fortalece os que já estão crescendo.

invista em alimentos saudáveis para combater a queda de cabelo
invista em alimentos saudáveis para combater a queda de cabelo

Algumas vitaminas como a biotina, por exemplo, também devem fazer parte da sua alimentação diária, já que ela é importante para a saúde capilar e ajuda a dar brilho, evitar a queda e fortalecer os fios. Sabendo disso, opte por alimentos ricos em biotina e outras vitaminas para queda de cabelo.

Faça a suplementação com vitaminas

Além de aumentar a ingestão de alimentos ricos em vitaminas que fazem bem à saúde capilar, invista em uma suplementação desses nutrientes de acordo com a recomendação de um especialista.

Normalmente um multivitamínico que tenha Antioxidantes, Biotina, Riboflavina, Niacina, Zinco e Selênio pode auxiliar. Capila Hair & Nails tem alto teor dessas substâncias.

Procure um dermatologista ou tricologista

Embora a causa da sua queda de cabelo pode ter grande relação com o estresse, é importante consultar um dermatologista ou tricologista para averiguar as possíveis causas e começar um tratamento de acordo com suas necessidades e seu quadro.

Deixe uma resposta

Abrir Chat
1
Precisa de Ajuda?
Se precisar pode me chamar, meu nome é tatiana e estou disponível para te explicar como nosso produto pode te ajudar com queda e crescimento capilar 😀👍