Como descolorir o cabelo em casa sem ajuda?

Já pensou em descolorir o cabelo? Mudar o visual é sempre uma aventura, principalmente se isso envolve uma mudança drástica. As transformações capilares são algumas das mais recorrentes no dia a dia, sendo que quase todo mundo já quis fazer umas mudanças na cor natural do cabelo.

Seja você morena, ruiva ou loira é bem raro quem nunca se aventurou entre os diversos produtos para os cabelos que existem hoje no mercado.

Entre os vários tipos de mudanças está uma bem recorrente, especialmente se você quer fazer uma mudança mais drástica na cor do seu cabelo: a descoloração.

Ela acaba sendo inevitável quando você deseja deixar o seu cabelo num tom mais claro que o natural, por exemplo, ou então o pintar com cores mais vibrantes e diferentes, como vermelho, azul ou até mesmo o cinza. Também pode ser necessária naquelas luzes que muitas mulheres acabam adotando e que dão um efeito mais bonito no cabelo.

Roupas e Acessórios femininos

Apesar de bem comum, descolorir o cabelo também é um procedimento extremamente agressivo para os fios, que feito sem os devidos cuidados pode acabar provocando consequências bem ruins. Desde o ressecamento do cabelo, até a aparência opaca deles, a quebra dos fios e, como efeito mais grave, a queda.

Por isso é extremamente importante que quem se aventure a fazer isso sozinho em casa tenha total atenção em todos os passos e caso encontre alguma dificuldade procure sempre um profissional especializado.

Está atento aos riscos e decidido a mudar de visual? Então vamos conhecer o passo a passo para essa transformação!

Análise da saúde capilar

Antes de aplicar qualquer tipo de química é necessário verificar como está a saúde dos cabelos. Afinal, os procedimentos acabam agredindo os fios, que tendem a ficar mais danificados quando já estão fracos por falta de nutrição e hidratação.

analise se os fios estão ressecados e com pontas duplas
analise se os fios estão ressecados e com pontas duplas

Uma dica é analisar se há pontas duplas e se o fio está muito quebradiço. Nesses casos, vale apostar em uma hidratação profunda nos cabelos 2 dias antes de aplicar a química.

Faça um teste de mecha

O teste de mecha serve para verificar possíveis alergias ao produto e o estado de saúde dos fios, evitando assim que a aplicação do descolorante acabe danificando todo o couro cabeludo. Para fazer o teste, aplique um pouco do produto em uma pequena mecha da nuca e aguarde o tempo especificado pelo fabricante.

Caso o cabelo não se desfaça e você não apresente reações alérgicas, você pode usar o produto sem grandes problemas.

Reações químicas

O pó descolorante não deve ser usado em cabelos com outras químicas como tioglicolato e guanidina, caso contrário os cabelos poderão se quebrar e cair. Isso porque durante o procedimento acaba ocorrendo reações químicas que fragilizam os fios.

Descolorir o cabelo: Passo a passo

Para não ter nenhum problema durante a aplicação dos produtos, e nem depois disso, é essencial que antes você garanta que seu cabelo se encontra saudável.

No dia a dia acabamos tendo vários hábitos que podem acabar prejudicando nossa saúde capilar, seja no uso de aparelhos como secadores, chapinhas e babyliss, que esquentam e queimam os fios, podendo até mesmo ter complicações no couro cabeludo, ou então no uso de produtos químicos que vão aumentando a sensibilidade e fragilidade dos fios.

Escolha bem o tipo de produto que irá usar

Por isso é aconselhável que antes de descolorir, o que por si só já é um procedimento que causa um impacto bem intenso neles, se faça uma hidratação.

Garantir que seu cabelo está macio é o primeiro passo para que tudo saia como o planejado, e para isso pode-se usar também óleos reparadores para repor a oleosidade dos fios e os nutrir profundamente.

Não os lavar no dia anterior ao que pretende descolorir também é uma dica, já que a oleosidade natural dos fios ajuda a fazer com que eles fiquem mais nutridos.

Analisou seus fios e garantiu que estão saudáveis? Então é a hora de escolher os produtos certos para seguir em frente.

Preparando a descoloração

O primeiro deles é o descolorante. A principal recomendação ao procurar esse tipo de produto é buscar por aqueles que tenham a coloração azul, já que evitam que você acabe com um efeito amarelado nos fios ao terminar e possuem uma qualidade maior durante a aplicação.

Procure sempre por marcas confiáveis do mercado, pesquisando por aquelas mais valem a pena a longo prazo, mesmo quando buscar por opções mais agradáveis para o seu orçamento.

O segundo produto do qual vai precisar é a água oxigenada. É importante que você preste atenção ao quanto pretende descolorir do seu cabelo e qual o tipo de descolorante e água oxigenada mais aconselháveis para a cor natural dos seus fios.

Escolha bem o tom do seu cabelo

Para um cabelo claro, por exemplo, que fica entre o loiro e o castanho claro, uma água oxigenada de volume 20/30 será o suficiente para alcançar o efeito desejado. Já os tons médios (castanho médio e castanho escuro) é necessário comprar a água oxigenada volume 30/40.

Para os tons escuros (castanhos escuros e pretos) é preciso usar água oxigenada volume 50/60. Mas atenção! Produtos com volumes de 40 para cima costumam queimar os fios com muito mais velocidade, por isso deve-se ter um cuidado redobrado para a aplicação.

Na dúvida recorra sempre a uma alternativa mais leve ou ao conselho de um profissional.

O Que fazer, agora?

Agora que você tem os produtos certos e da melhor qualidade nas mãos é hora de começar a descolorir.

O primeiro passo é misturar o descolorante e a água oxigenada em uma mistura uniforme, seguindo sempre as orientações da embalagem de cada um sobre as quantidades certas para mistura.

Leia atentamente quanto de cada um você deve colocar na mistura e então a coloque em um pote de plástico ou silicone, tomando cuidado para que os produtos cheguem a uma combinação cremosa e homogênea.

Em seguida você irá fazer um teste em uma das mechas do cabelo para ter certeza de que ele está apto para suportar a química da combinação e receber a tinta nova.

Usando uma espátula ou colher de plástico ou silicone você vai aplicar uma pequena quantidade em uma mecha dos seus fios e deixar ele agir pelo tempo necessário para chegar no resultado que espera alcançar.

Lembrando que 30 a 40 minutos costuma ser mais que o suficiente para a perda total da cor, então tome cuidado para cortar o efeito do produto antes se esse não é o seu objetivo.

Ao final do teste, se os fios não tiverem sofrido consequências como se tornarem quebradiços ou elásticos e o efeito for o desejado então você pode partir para a aplicação completa.

Separe mechas dos seu cabelo com presilhas e, caso tenha dificuldade para aplicar o produto e visualizar toda a área, peça a alguém que te ajude a fazer isso.

Use um pincel para o procedimento e evite pincéis feitos de metal. Ao separar todas as mechas comece a passar a mistura para descolorir sempre a partir das pontas do cabelo. A raiz, por ser muito mais sensível, queima mais rápido e por isso deve ser a última parte onde você vai aplicar o produto.

Depois de passar por todo o cabelo de maneira homogênea, deixando a raiz dos fios por último, você pode relaxar por alguns minutos para esperar que o efeito aconteça. No entanto, fique sempre atenta ao tempo e o melhor é sempre dar uma espiadinha a cada cinco minutos para ver como anda o resultado. Evite deixar o produto mais do que trinta minutos agindo.

Para cortar o efeito basta molhar o cabelo com água, mas evite que ela seja muito quente. Lave bem os fios usando shampoo e condicionador, tomando cuidado para tirar todos os resquícios dos produtos usados para descolorir.

Para finalizar você pode usar produtos que ajudem a corrigir o tom do cabelo, como um tonalizante, para garantir que eles não acabem ficando amarelados ou alaranjados.

Descolorir o cabelo: o pós também é importante

Depois que o seu cabelo estiver como planejou é importante que volte ao primeiro passo: hidratação.

Como dito antes, descolorir os fios é um procedimento agressivo e desgastante, que faz com que os fios fiquem mais frágeis e acabem perdendo nutrientes. Por isso, é importante que você cuide para que seu cabelo fique hidratado, fazendo assim com que o ressecamento e quebra dele sejam evitados.

Uma boa alimentação, cuidados semanais ou quinzenais com máscaras de hidratação, evitar o uso de aparelhos para secar o cabelo e sempre tomar cuidado na hora de penteá-lo são dicas essenciais para que a saúde capilar esteja sempre em dia.

E se o seu cabelo está saudável descolorir pode ser sempre uma opção para te ajudar a mudar o visual!

Como descolorir o cabelo em casa sem ajuda passo a passo detalhado

Passo 1 – escolha os materiais

Na hora de escolher os produtos que serão usados é importante ficar atenta à qualidade e características de cada marca do mercado.

Pó descolorante

Nos casos de pó descolorante, prefira aqueles que não levantam pó (dust free) e que são azuis (desamareladores).

O ideal são aqueles que descolorem a 8 ou 9 tons, já que quanto menos a  química ficar nos fios, menos danificará a fibra capilar, independentemente da potência do produto. Lembre-se de sempre optar por marcas de confiança.

Água oxigenada

A água oxigenada deve ser estabilizada cremosa de 10, 20 ou 30 volumes. Evite a de 40 volumes, já que pode danificar ainda mais os cabelos por ser mais potente. Uma dica é usar sempre a água oxigenada da mesma marca do pó descolorante, e sempre seguir as instruções do fabricante principalmente em questões de tempo de aplicação.

Passo 2 – Seque os cabelos

Para que o produto seja aplicado é necessário que o cabelo esteja seco, mas não é necessário que eles estejam limpos.

o ideal é aplicar a química nos cabelos secos e preferencialmente sujos para que a oleosidade natural proteja a fibra capilar da agressão
o ideal é aplicar a química nos cabelos secos e preferencialmente sujos para que a oleosidade natural proteja a fibra capilar da agressão

Dê preferência por fazer a descoloração nos fios sujos, já que o sebo natural agirá como um protetor à química.

Passo 3 – Penteie o cabelo

O terceiro passo para descolorir o cabelo em casa é desembaraçar os fios e aplicar queratina líquida tanto no comprimento como no couro cabeludo. Em seguida, divida os cabelos em mechas e prenda-as com presilhas e piranhas para ajudar na hora de depositar o produto.

Passo 4 – Aplique hidratante na pele

Aplique um hidratação na pele em volta de toda a raiz do cabelo como testa, pescoço, nuca e orelhas, evitando que a química agride a região.

Passo 5 – Prepare o descolorante

Misture o pó com a água oxigenada de acordo com a sua quantidade de cabelos. Para cabelos maiores, pode ser  necessário até 3 pacotes de pó, que deve ser diluído em água oxigenada até que vire uma massa homogênea.

Passo 6 – Espalhe o produto

Depois de misturar bem até que todo o pó se dilua, aplique o produto nos cabelos com a ajuda de um pincel começando da nuca e sempre indo da raiz até as pontas, e nunca ao contrário.

Na hora de aplicar na raiz, evite o couro cabeludo, passando cuidadosamente nos fios de modo que todo o cabelo seja envolvido com o produto.

Você pode usar o auxílio de um pente fino para ter certeza de que todos os fios estão preenchidos com a química.

Passo 7 – Deixe o produto agir

O produto deverá agir de acordo com a especificação do fabricante, lembrando que o tempo máximo é de 30 minutos. Depois de aplicar a química nos fios, é fundamental que você verifique os cabelos a cada 5 minutos para verificar se a cor já atingiu o tom desejado.

Você pode usar uma touca térmica para acelerar o procedimento, lembrando-se de que quanto mais escuro for o seu cabelo, mais tempo o pó descolorante ficará agindo. Em casos de cabelos pretos, o ideal é fazer o processo aos poucos, já que uma aplicação não será o suficiente para clarear os cabelos.

os cabelos pretos, por exemplo, podem não aguentar toda a química para chegar a tons muito claros, e é importante respeitar a saúde dos fios para não correr o risco de passar por um corte químico
os cabelos pretos, por exemplo, podem não aguentar toda a química para chegar a tons muito claros, e é importante respeitar a saúde dos fios para não correr o risco de passar por um corte químico

Em alguns casos, o cabelo pode não aguentar toda a química até ficar totalmente clareado, e é importante se atentar à saúde capilar antes de repetir o procedimento.

Passo 8 – Lave os cabelos

Lave os cabelos com shampoo e água fria de 2 a 3 vezes para ter certeza de que todo o produto foi retirado. Caso fique restos de descolorante os fios continuarão clareando, o que pode até mesmo danificar a fibra capilar.

Passo 9 – Hidrate

Depois de retirar todo o produto, faça uma hidratação nos fios usando uma máscara com ampola de queratina. Em seguida, basta enxáguar, selar com condicionar e secar com o secador a jato frio.

Caso queira um efeito platinado, aplique um tonalizante antes da hidratação para deixar os fios com o efeito de louro acinzentado.

Lembre-se que cabelos claros demandam mais cuidado, já que a química aplicada retira a água e nutrientes da fibra capilar. Isso quer dizer que a rotina de cuidados com os fios deve ficar mais frequente, focando em reconstrução e mantendo um cronograma semanal de hidratação.

Viu como  descolorir o cabelo em casa sem ajuda pode ser fácil? Lembre-se de sempre respeitar o tempo máximo de aplicação do descolorante e se certificar de remover todo o produto, uma vez que deixá-lo nos cabelos poderá agredir ainda mais a fibra capilar, causando quedas e ressecamento.