Queda de Cabelo em Homens – 10 Coisas que você precisa saber

Se você faz parte dos 25% dos homens que começam a ficar carecas por volta dos trinta anos, as coisas podem parecer sem esperança, no entanto, caso você veja seu cabelo indo pelo ralo todas as manhãs, pode não ser tão ruim quanto você pensa.

Sabia que a perda de cabelo não é a mesma coisa que ficar careca? Para ajudar a separar os fatos da ficção, compilamos uma lista com as dez informações mais importantes que você precisa saber sobre a queda do cabelo.

1. Como posso saber se vou ficar careca?

Esta não é uma pergunta boba como pode parecer. Perder cabelo não é o mesmo que ficar careca.

A calvície masculina na maioria das vezes é uma condição genética, e a perda de cabelo por si só pode ser causada por inúmeros fatores.

Se você está perdendo tufos de cabelo de forma aparentemente aleatória pode ser que você tenha alopécia areata , uma condição em que a pessoa (homem ou mulher) perde mechas inteiras de cabelo ou pelos do corpo.

É bastante comum as falhas circulares na cabeça
É bastante comum as falhas circulares na cabeça com alopécia areata

Em casos extremos pode afetar todos os pelos do corpo. Acredita-se que a alopecia possui fatores hereditários e autoimunes (quando o corpo ataca ele mesmo por engano). Não é a mesma coisa que a calvície masculina.

Se a sua queda de cabelo ocorre em um padrão de recuo, em geral nas têmporas e na coroa da cabeça, então é mais provável que se trate de calvície masculina. Mas lembre-se: a maioria dos homens fica careca. Não é nada para se temer ou ter vergonha.

2. A que velocidade vou perder o cabelo?

Os homens começam a perder o cabelo em algum momento após os vinte anos, mas costuma levar de 15 e 25 anos para se ficar careca. Metade dos homens de cinquenta anos podem estar bem carecas.

No entanto, alguns homens ficam carecas em menos de cinco anos. É impossível precisar quantos anos o processo vai levar.

No entanto ao menor sinal dos sintomas você pode iniciar um tratamento para redução da queda, vitaminas, finasterida, redução do stress dentre outras causas podem bloquear ou pelo menos reduzir a queda de cabelo.

3. Por que estou perdendo cabelo? É genético?

Se você tem calvície masculina é porque seu corpo está se tornando cada vez mais sensível aos hormônios sexuais masculinos, os andrógenos.

O quanto do seu couro cabeludo é afetado durante este processo é hereditário.

Também é possível perder cabelo por causa de doenças ou procedimentos cirúrgicos, mudanças nos níveis hormonais e infecções no couro cabeludo. Mas, em muitos dos casos, a perda não é permanente.

4. A Calvície é Causada por Estresse Emocional ou Frustração Sexual?

Certos tipos de queda de cabelo são associados ao estresse, contudo a calvície masculina é uma condição genética encontrada em muitos homens.

Mas se o seu cabelo cai em tufos ou em momentos imprevisíveis, é mais provável que seja sintoma de algo diferente.

Pode ter relação com o estresse, mas é improvável de ser causado por frustração sexual. O melhor a fazer é marcar uma consulta com seu médico para um check-up completo.

5. Há alguma coisa que eu possa fazer para impedir que meu cabelo caia naturalmente?

Todos perdem cabelo naturalmente, e é normal que o cabelo perca volume ao envelhecermos. Mas a verdade é que a calvície masculina é uma condição genética que não pode ser completamente interrompida.

Há uma condição chamada alopecia por tração que é causada pelo constante puxar ou tensionar dos cabelos durante um longo período.

Você não precisa ser arrastado no chão pelos cabelos para sofrer disso; se você faz tranças apertadas, em especiais tranças afro, ou usa o rabo de cavalo muito apertado, tem mais chances de desenvolver alopecia de tração.

Normalmente homens que usam cabelos compridos não cuidam tão bem de seus cabelos como as mulheres, e tendem a usar o shampoo e enxugar o cabelo com mais força assim como usam um rabo de cavalo muito apertado.

Então tente não apertar demais seu cabelo. Alguns especialistas também recomendam praticar exercícios como uma boa maneira de manter uma cabeleira saudável.

6. Que tratamentos posso fazer?

A calvície é um processo natural. Em primeiro lugar, você precisa se perguntar se quer mesmo tratar, ou se talvez, possa aceitar o processo em vez de tentar camuflar pontos carecas ou recuperar a totalidade dos fios.

Se você quer tratamento, existem algumas linhas bem definidas:

Ingira diariamente vitaminas para queda de cabelo, dessa forma você terá certeza que a ausência de algum tipo de nutriente não é seu problema.

Utilize Shampoos e condicionadores que auxiliem a remoção da caspa, seborreia e outros fatores que possam inflamar ou bloquear o bulbo capilar. Tônicos com substâncias direcionadas para casos específicos também podem auxiliar.

O Minoxidil pode ser aplicado duas vezes por dia no couro cabeludo e auxilia na circulação estimulando o crescimento capilar. É uma substância em que cerca de 60% dos pacientes se beneficiam dele em diferentes graus. Os efeitos começam a desaparecer assim que se interrompe o uso, ou seja, é de uso contínuo.

Finasterida é um medicamento em comprimidos que bloqueia, de forma parcial, os efeitos dos hormônios masculinos (um “antiandrogéno”). Demonstrou-se que a finasterida interrompe a queda de cabelo e promove a volta do crescimento dos fios em cerca de 80% dos pacientes após um período de três a seis meses. Os benefícios do tratamento também cessam quando se interrompe a medicação.

Você também pode considerar cirurgia, que é uma maneira confiável de substituir o cabelo perdido. Os métodos incluem transplantes, reduções do couro cabeludo e cirurgia de retalho, embora todos sejam soluções de longo prazo e com custo elevado.

7. O que acontece se eu iniciar um tratamento? Quais são os possíveis efeitos colaterais?

Minoxidil: Os efeitos colaterais frequentes são irritação cutânea e do couro cabeludo. Em casos raros pode causar alterações na cor e textura do cabelo.

Finasterida: Efeitos colaterais perceptíveis são pouco frequentes, mas o medicamento pode causar erupção cutânea, e uma pequena proporção dos adeptos pode experimentar redução da libido, problemas de ereção ou sensibilidade mamária e/ou do mamilo.

8. O Estresse Vai Me Deixar Careca Mais Depressa?

O estresse pode causar queda de cabelo, mas essa perda é raramente permanente. Não se sabe se o estresse acelera o processo de calvície hereditária.

Existe uma forma de queda capilar que pode ser causada por estresse grave, chama-se eflúvio telógeno, e interrompe o ciclo de crescimento dos folículos capilares causando a queda dos fios. Mas, a longo prazo, este processo tende a corrigir-se.

9. Vou Sofrer Algum Problema Psicológico como Resultado de Ficar/ Ser Careca?

Alguns homens sentem um medo genuíno de ficar careca, e este sentimento pode levar a altos níveis de estresse, baixa autoestima, diminuição do desejo sexual e até mesmo depressão.

Mas se você entender as causas e aceitá-las, é muito mais provável que você supere esses medos.

A maioria dos homens sente uma perda momentânea de confiança quando percebem que estão perdendo o cabelo, mas é algo passageiro. A única maneira de garantir que você não sofrerá problemas psicológicos é enfrentar as realidades da calvície e aceitá-la, ou procurar um tratamento que funcione para você, nesse caso, quanto antes melhor!

10. O restante dos meus pelos vai cair também (ex: sobrancelhas, cílios)?

Não. Só os fios do couro cabeludo são afetados pela calvície masculina. Outras áreas como a barba ou axilas podem ser até ser afetadas pela alopecia, muito embora em menor número.

Deixe uma resposta

Abrir Chat
1
Precisa de Ajuda?
Se precisar pode me chamar, meu nome é tatiana e estou disponível para te explicar como nosso produto pode te ajudar com queda e crescimento capilar 😀👍