Realinhamento Capilar – Entenda esse novo método

realinhamento capilar

Manter o cabelo liso e ao mesmo tempo saudável pode ser uma tarefa difícil para quem possui mechas mais onduladas e cacheadas. Afinal, os diversos tratamentos alisantes como escovas progressivas, por exemplo, acabam danificando a estrutura do fio em decorrência da química. Uma boa notícia, no entanto, é que o realinhamento capilar pode ser uma excelente saída para quem se preocupa com a saúde das cabelos e ainda deseja mantê-los sem frizz e volume.

No mercado capilar é possível encontrar milhares de técnicas que prometem deixar os cabelos mais lisos. Normalmente essas técnicas usam procedimentos químicos que mudam a estrutura do fio, sendo bastante comum o uso do formol, uma substância que além de causar alergias e irritações, ainda pode levar a problemas mais sérios como tumores.

Sabendo disso, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) limitou o uso da substância em produtos de alisamento. O problema é que grande parte dos fabricantes ainda continuam usando doses acima do permitido, colocando em risco a saúde de quem busca por cabelos lisos.

veja o que é realinhamento capilar no texto a seguir
veja o que é realinhamento capilar no texto a seguir

Veja no artigo a seguir o que é realinhamento capilar e por que ele é a melhor opção para alisar os cabelos!

O que é realinhamento capilar?

O realinhamento capilar é uma técnica de alisamento que não usa nenhuma química, deixando os cabelos lisos e também hidratados. Como o próprio nome sugere, a técnica alinha e suaviza as mechas, reforçando a camada protetora prevenindo futuras agressões à fibra capilar.

Quais os ativos do realinhamento capilar?

O produto conta com aproximadamente 20 aminoácidos essenciais derivados da queratina, uma proteína que compõe grande parte das estruturas do nosso corpo e está presente em diversos alimentos naturais.

Esses aminoácidos possuem alto poder de alisamento que dura até 3 meses na fibra capilar quando combinado com outros componentes também usados na escova progressiva. A diferença, porém, é que o formol não é usado.

Qualquer pessoa pode fazer o realinhamento capilar?

O processo pode ser feito em qualquer tipo de cabelo, principalmente em quem deseja reduzir o frizz e volume e ainda manter o cabelo hidratado. Apesar da promessa ser de um alisamento sem química, isso só ocorre em quem tem cabelos mais ondulados e lisos ou que já possui algum tipo de procedimento alisante nos fios como progressivas ou relaxamentos. 

o realinhamento capilar não consegue alisar cabelos crespos que nunca tenham passado por químicas alisantes, mas define os cachos deixando-os sem frizz e hidratados
o realinhamento capilar não consegue alisar cabelos crespos que nunca tenham passado por químicas alisantes, mas define os cachos deixando-os sem frizz e hidratados

Já quem tem cabelos cacheados e crespos, o tratamento também pode ser feito, porém com uma promessa diferente: nutrir a fibra capilar. O tratamento ainda define a forma dos cabelos que não foram tratados com químicas, também sendo benéfico para essa finalidade.

Como o realinhamento capilar é feito?

O passo a passo do procedimento costuma ser bastante simples. Porém, é importante que seja feito por um profissional para uma maior segurança, já que os cabelos podem sofrer danos ao serem submetidos a procedimentos errados.

O primeiro passo é lavar os fios com um shampoo anti resíduos para remover todas as sujeiras dos fios, incluindo o acúmulo de produtos e o sebo natural da raiz do cabelo. Feito isso, o profissional aplicará um relaxamento nas mechas, seguido da aplicação dos aminoácidos.

Depois de alguns minutos agindo, o produto é removido com um enxágue e finalize com secador.

Vale ressaltar que embora a técnica não use químicas, ainda é necessário fazer o teste de mecha para analisar possíveis alergias ao produto.

Como deve ser o cuidado com os fios após o realinhamento capilar?

Outra grande vantagem do tratamento é que, diferente da progressiva, você não precisa esperar 2 ou 3 dias para poder lavar o cabelo e prendê-lo. É possível fazer ambos no mesmo dia em que fez o procedimento sem correr o risco de perder o efeito.

Porém, como sabemos, todos os processos capilares tendem a durar ainda mais quando cuidamos corretamente dos cabelos com hidratações, nutrições, fortalecimentos e umectações. Com o realinhamento capilar isso também acontece. Embora tenha uma duração média de 3 meses, com o cuidados corretos a tendência é que o realinhamento dure um pouco mais.

Leia também O que é hidratação profunda nos cabelos

diferente da progressiva, o realinhamento capilar permite que você aplique tinturas nos fios sem danificá-los ainda mais
diferente da progressiva, o realinhamento capilar permite que você aplique tinturas nos fios sem danificá-los ainda mais

Outra vantagem é que por ser um tratamento natural você ainda consegue realizar processos químicos como tingir as mechas sem se preocupar em danificar os cabelos.

Formal x aminoácidos: qual é melhor?

Em questões de saúde capilar, sabe-se que os aminoácidos são menos agressivos por serem naturais. A quantidade permitida de formol nos produtos é de 0,2%, levando em conta que a substância pode ser danosa à saúde. Em alguns produtos, porém, é possível encontrar até 37% de formol, o que danifica a fibra capilar excessivamente.

Porém, se o objetivo for alisar fios cacheados que não tenham sido submetidos à químicas, o realinhamento capilar acaba sendo pouco eficiente. Isso porque, como já vimos, ele só é capaz de alisar fios já lisos ou pouco ondulados, ou os cacheados que já possuem progressiva ou relaxamento.

Isso não significa, no entanto, que o realinhamento não possa ser usado pelas cacheadas. Apesar de não alisar os cabelos nesses casos, o procedimento diminui o frizz e modela os cachos, além de hidratar e dar brilho aos cabelos.

Cuidados ao fazer o realinhamento capilar

Um dos principais cuidados a serem tomados é ficar atento a qual produto está sendo usado, já que alguns deles podem conter o glutaraldeído, uma substância semelhante ao formol que também causa danos aos cabelos.

Apesar de deixar os fios lisos, a substância impermeabiliza o fios, impedindo que os hidratantes e vitaminas entrem na fibra capilar, o que causa o ressecamento e pontas duplas.

Viu como fazer o realinhamento capilar pode ser uma excelente opção para manter os cabelos lisos e hidratados? Caso você ainda tenha cabelos cacheados e nunca tenha feito progressiva ou relxamaneto antes, poderá usar o realinhamento para manter os fios com um volume reduzido e definir os cachos.

Deixe uma resposta

Abrir Chat
1
Precisa de Ajuda?
Se precisar pode me chamar, meu nome é tatiana e estou disponível para te explicar como nosso produto pode te ajudar com queda e crescimento capilar 😀👍