Micro-Link para os cabelos

O que é Micro-Link para os cabelos?

Muitas mulheres deixam de fazer a extensão capilar por medo de danificar os fios, já que na maioria das técnicas usadas aplica-se colas e adesivos que podem fazer com que as mechas se quebrem durante a manutenção e remoção do aplique. Além disso, grande parte dos processos para deixar os cabelos mais compridos acabam repuxando demais o couro cabeludo, contribuindo para que a longo prazo a mulher possa desenvolver um quadro de perda capilar. Pensando nisso o mercado desenvolveu o chamado micro-link, uma técnica que promete causar menos danos à saúde dos cabelos.

Por não usar nenhum tipo de química, o micro-link tende a danificar e ressecar menos os fios se comparado a outros tipos de técnicas, sendo muito parecido com o ponto americano nesse aspecto. Outro diferencial do procedimento é o valor, que costuma ser mais em conta quando comparamos com o mega hair de queratina ou adesivado.

Para que você conheça melhor sobre a técnica do mega hair de micro-link e descubra todos os benefícios que ela oferece, separamos vários tópicos explicando mais sobre o assunto. Veja a seguir!

O que é o micro-link?

A grande diferença da técnica de extensão capilar é que além de ser aplicado ao cabelo original por meio de anéis metálicos, o mega hair não é colocado diretamente na raiz do cabelo. Em conjunto, por não usar produtos químicos evita o ressecamento e pontas duplas, além de ser de remoção fácil.

Roupas e Acessórios femininos

https://www.instagram.com/p/B5fRJoklKuL/
modelo de micro-link

Indica-se a técnica de micro-link para quem tem cabelos cacheados e crespos, já que os cabelos mais lisos tendem a soltar com uma facilidade maior dos anéis.

Quais são os benefícios?

Por não ser feito rente ao couro cabeludo os fios são menos repuxados, o que causa menos danos aos cabelos naturais. Além de não incomodar, a adaptação tende a ser mais fácil se comparado a outros tipos de extensão.

Embora não cause grandes danos aos cabelos, o micro-link pode levar à queda capilar caso os fios originais não estejam saudáveis, como acontece em todas as outras técnicas. Pensando nisso, lembre-se de sempre consultar um tricologista para fazer uma análise do couro cabeludo e identificar qual o melhor momento para a aplicação de extensões capilares.

Oxidação dos anéis de metal

Os anéis de metais normalmente são feitos de materiais como fibra de carbono ou alumínio, o que evita que a oxidação. Dessa forma a remoção é perfeitamente segura e sem riscos à saúde por possíveis anéis enferrujados.

Entretanto, é importante que você procure profissionais especializados e de confiança, já que alguns cabeleireiros podem cobrar mais barato pela técnica e acabar aplicando anéis que enferrujam com o tempo, causando não somente riscos à saúde do seu couro cabeludo mas também à sua saúde como um todo.

Como o micro-link é colocado?

Diferente da maioria das técnicas usadas para aumentar o comprimento dos fios, o micro-link não é preso na raiz e sim um pouco mais abaixo. Para que os anéis se fixem nos fios naturais, o profissional usa uma agulha e alicate específicos que ajudam a dar os pontos e fixar os cabelos nos anéis.

Normalmente os elos de metais são de uma coloração semelhante à raiz do cabelo para dar um aspecto mais natural, e podem ter até 5 tamanhos diferentes. Enquanto os maiores são usados para cabelos mais grossos, os médios e menores são usados para cabelos finos e para a franja.

Quais cuidados tomar depois de colocar o micro-link?

Na hora de lavar os cabelos com mega hair é fundamental usar um shampoo que não contenha sal na composição para evitar o ressecamento e agressão à fibra capilar. Na hora do condicionador, use sempre o que pertence à mesma linha do shampoo, já que ambos são desenvolvidos para serem usados em conjunto.

https://www.instagram.com/p/B45-FgipOOY/
é importante lavar os cabelos com cautela para evitar que os fios sejam repuxados, o que pode fazer com que o micro-link solte

Isso porque, como o condicionador tem como tarefa fechar a cutícula, ele fica responsável por garantir que todos os nutrientes e ações benéficas do shampoo fiquem na fibra capilar. Sendo assim, se os seus cabelos são secos e você usa shampoos específicos para esse tipo de cabelo, notará que ao selar os fios com o condicionador da mesma linha o resultado será potencializado.

A água do banho também influencia na qualidade e duração do micro-link e deve ser sempre morna ou fria e nunca quente. 

É importante que na hora da aplicação do shampoo você evite esfregar o couro cabeludo para não embolar o mega hair, procurando sempre massagear as mechas delicadamente com as pontas do dedo.

Depois do banho, nunca deixe os cabelos úmidos e use secadores com jato frio para ajudar com que os cabelos sequem. Afinal, o acúmulo de umidade pode causar além de mau cheiro, a proliferação de fungos que pode resultar em caspa e até mesmo seborreia.

Posso usar chapinha no micro-link?

Embora o mega hair de micro-link permita que você use chapinhas normalmente para alisar os cabelos, o excesso de calor pode comprometer a durabilidade da extensão capilar. Dessa forma, tenha o cuidado de sempre passar o aparelho pelo menos três dedos abaixo do ponto que junta os fios naturais com os artificiais.

Isso porque a chapinha poderá puxar os cabelos dos anéis metálicos, fazendo com que se soltem com mais facilidade.

Quando fazer a manutenção do micro-link?

O micro-link deve receber manutenção a cada 3 meses, dependendo dos cuidados com a extensão. Sabendo disso, além de lavar os cabelos corretamente e evitar o uso frequente de aparelhos que usam o calor, também é importante pentear os fios com cuidados e escolher sempre pentes largos para que os anéis não se soltem.

https://www.instagram.com/p/B2xpUdrBQHf/
o micro-link deve receber manutenção a cada 3 meses para garantir a sua qualidade e não danificar os fios

Outros cuidados como manter um cronograma capilar com etapas como hidratação, nutrição e reconstrução também devem ser tomados, além de evitar sempre que possível usar piscinas com cloro, já que isso poderia causar uma mudança na cor dos fios artificiais, fazendo com que destoem do restante do cabelo.

Agora que você viu o que é micro-link e quais são os benefícios da técnica, não deixe de conversar com um profissional para analisar como está a saúde dos seus cabelos para aplicar a extensão de forma segura sem riscos de danificação à fibra dos fios. Além disso, lembre-se de sempre procurar profissionais qualificados na hora de fazer a técnica, evitando possíveis riscos à saúde por oxidação dos anéis.