O que faz a terapia capilar e o terapeuta capilar?

O cronograma capilar recupera os danos e mantém a saúde dos fios.

Os cuidados com os cabelos vão muito além da lavagem e hidratação após o banho, e servem não somente para mantê-los com brilho, mas também para fortalecer a raiz e couro cabeludo e prevenir doenças a fim de evitar a queda de cabelo. Para auxiliar nesses cuidados, muitas pessoas começaram a recorrer à terapia capilar. Mas você sabe o que é a terapia capilar e o que faz um terapeuta capilar?

Um adulto saudável possui em torno de 100-150 mil fios de cabelo e enquanto 80% desses fios estão em fase de crescimento, os 20% restantes se encontram nas fases de repouso e queda. Com isso, sabemos que perdemos aproximadamente 100 fios de cabelos por dia forma natural, respeitando o ciclo dos cabelos.

A terapia capilar é recomendada para indivíduos que perdem mais fios por dia do que o normal, além de pacientes com perfil genético predominante e portadores de outras doenças que atingem o couro cabeludo.

Confira no texto a seguir o que é a terapia capilar e o terapeuta capilar e como o procedimento funciona!

Queda de cabelo em excesso

Atualmente, cerca de 40% dos homens e 5% das mulheres apresentam algum grau de alopecia durante a vida, podendo ser desencadeado por fatores genéticos, química, estresse e até mesmo lavagem incorreta da região.

Clique aqui para conferir as causas da queda de cabelo!

Enquanto muitos tricologistas receitam medicamentos para controlar o problema, alguns podem até mesmo indicar a terapia capilar para amenizar o quadro, já que o procedimento se mostra eficaz não somente para tratar, mas também prevenir a queda capilar.

O que é a terapia capilar?

A terapia capilar nada mais é do que o conjunto de métodos para prevenção e tratamento de doenças relacionadas com o cabelo e couro cabeludo. O objetivo da terapia é reduzir agressões externas e corrigir possíveis desequilíbrios que processos químicos possam ter deixado na região.

Para isso, o terapeuta capilar usa produtos específicos que além de agir contra a queda, também trata a caspa, oleosidade excessiva, fragilidade dos fios e prepara os cabelos para receber processos químicos como tinturas e alisamentos.

Como a terapia capilar é feita?

Para realizar o diagnóstico da terapia, o profissional usa uma microcâmera para analisar a raiz dos cabelos e ver detalhes que não podem ser observados a olho nu. Com o procedimento, ele consegue avaliar a saúde do couro cabeludo e da fibra capilar, fazendo um diagnóstico mais preciso do quadro para que o tratamento seja mais eficaz.

Os terapeutas recomendam que quanto mais cedo a terapia for realizada, entre os 15 e 25 anos de idade, maiores serão as chances da recuperação 100% dos cabelos.

Entre as terapias mais usadas estão a massagem, máscara e peeling capilar, que podem ser ótimos tratamentos tanto para a queda como para caspa e oleosidade, sendo também usados para equilibrar o pH do couro cabeludo e evitar descamações, que acabam prejudicando o nascimentos dos fios.

O que é terapeuta capilar?

O terapeuta capilar é o profissional responsável por fazer os exames e diagnósticos do couro cabeludo e conhece profundamente o cabelo e seu ciclo biológico, cuida da raiz-bulbo e acompanha a contagem de fios por meio do diâmetro e densidade da área de risco.

Esse profissional é conhecido principalmente por fazer a prevenção, já que ao fazer um tricograma precoce, as chances do desenvolvimento de quedas capilares diminuem drasticamente.

Qual a diferença entre terapeuta capilar e tricologista?

Apesar de poder realizar alguns cortes nos cabelos durante as sessões para corrigir problemas na fibra capilar, o terapeuta tem foco principal no couro cabeludo. E diferente dos cabeleireiros, seu foco não está nos procedimentos estéticos feitos nos fios.

Porém, apesar dos terapuetas darem uma atenção maior para a derme e poder fazer o tratamento de problemas mais sérios, alguns quadros como alopecia e manchas devem ser diagnosticados por um tricologista.

Isso porque os terapeutas não podem receitar medicamentos, nem realizar exames mais profundos, e em quadros mais graves é necessário procurar a ajuda de um médico especialista.

Qualquer pessoa pode ser terapeuta capilar?

Para se tornar um terapeuta capilar, é necessário fazer um curso de especialização. Sua duração varia de acordo com a formação do indivíduo e da área que atua. Para quem já é da área estética, o curso pode ser de apenas meses. Porém, não é necessário estar no mercado para seguir essa profissão, e é possível realizar o curso do zero ou como especialização da tricologia.

Quando fazer a terapia capilar?

A terapia capilar pode ser encontrada em diversos salões de beleza e clínicas especializadas, já que a demanda com os cuidados da saúde dos cabelos cresce cada dia mais entre os brasileiros.

Além de poder ser realizado por pacientes com fios porosos, quebradiços, opacos e frágeis, pode ser um excelente tratamento para caspas, coceiras e sensibilidade no couro cabeludo.

Outras situações em que a terapia capilar pode ser usada são:

  • para promover o fortalecimento da cutícula;
  • combater a oleosidade;
  • evitar a calvície;
  • combater a queda de cabelo;
  • estimular o crescimento dos fios;
  • promover o afinamento dos fios.

Agora que você conferiu o que é a terapia capilar e o que o terapeuta capilar faz, você já pode procurar ajuda de um profissional qualificado para tratar a queda de cabelo e outros problemas como caspa, oleosidade em excesso e fios quebradiços. Caso você note uma queda de cabelo em excesso, talvez seja necessário procurar ajuda de um médico tricologista.

Deixe uma resposta

Abrir Chat
1
Precisa de Ajuda?
Se precisar pode me chamar, meu nome é tatiana e estou disponível para te explicar como nosso produto pode te ajudar com queda e crescimento capilar 😀👍