Tem como pegar caspa de outra pessoa?

a caspa é um problema recorrente sem cura, e pode voltar de tempos em tempos

A caspa é caracterizada pela descamação do couro cabeludo que acontece naturalmente para que novas células possam nascer. Apesar de ser um processo natural, muitas pessoas possuem dúvidas se tem como pegar caspa de outra pessoa por meio de pentes compartilhados ou até fronhas de travesseiro.

Além da renovação das células do couro cabeludo, a caspa também pode ser causada por um excesso de oleosidade, uso frequente de bonés, uso de secadores com frequência e banhos muito quentes. Como ainda não há cura para o problema, o tratamento para caspa é usado para amenizar os sintomas como coceira, vermelhidão e pequenas descamações.

Veja no texto a seguir se a caspa é um problema que pode passar de uma pessoa para outra ou não.

Tem como pegar caspa de outra pessoa?

Por se tratar de um processo natural e muitas vezes estar relacionado a hábitos e oleosidade natural do couro cabeludo, a caspa não é transmitida de uma pessoa para outra. Isso quer dizer que usar o mesmo pente de uma pessoa que tem caspa ou compartilhar travesseiros não fará com que você desenvolva esse problema.

Quais fatores agravam a caspa?

Estresse

O estresse causado por problemas no trabalho, faculdade ou familiar pode agravar os sintomas da caspa, fazendo com que o couro cabeludo descame mais do que o normal. O estresse também é responsável por causar queda de cabelo e agravar os quadros de calvície.

Mudanças na temperatura

As mudanças na temperatura que deixam o clima mais seco ou frio também tendem a aumentar a intensidade da caspa por causar oscilações no couro cabeludo.

o uso de bonés em dias muito quentes pode acabar contribuindo para o surgimento da caspa
o uso de bonés em dias muito quentes pode acabar contribuindo para o surgimento da caspa

Contudo, o tempo muito quente também é um fator agravante do problema, principalmente em indivíduos que usam bonés e chapéus com frequência, já que isso gera um aumento de umidade e abafamento na região.

Higiene incorreta

Embora a caspa não seja causada pela falta de higiene nos cabelos, deixar de lavá-los por mais de 2 dias pode gerar um excesso de oleosidade, o que consequentemente contribui para um aumento da caspa. 

Enquanto isso, lavar os cabelos com muita frequência também pode contribuir para o surgimento do problema por causar um efeito rebote no couro cabeludo, que produz mais oleosidade para se proteger ao perceber que todo o sebo de proteção foi removido da rais do cabelo.

Má alimentação

A ingestão de alimentos ricos em gorduras e carboidratos refinados aumenta a incidência das descamações na raiz do cabelo. Além disso, a falta de vitaminas e minerais importantes para a saúde capilar também é um fator que pode agravar os quadros de caspa.

Procedimentos químicos

Por deixarem o couro cabeludo mais sensível, os procedimentos químicos tendem a aumentar a incidência de caspas e causar mais descamações do que o normal. Isso quer dizer que antes de aplicar tinturas ou fazer alisamentos é importante cuidar da saúde capilar e fazer processos como hidratação profunda nos cabelos.

Como é feito o tratamento da caspa?

Para diagnosticar e tratar a caspa, é importante consultar um tricologista para fazer uma análise do seu couro cabeludo e receber um tratamento adequado de acordo com o seu caso. Afinal, enquanto alguns indivíduos desenvolvem a caspa em excesso por ter os fios mais oleosos do que o normal, outros podem sofrer com descamações por usar bonés com frequência ou tomar banho em temperaturas muito elevadas.

o tratamento da caspa é feito com uso de shampoos e loções específicas
o tratamento da caspa é feito com uso de shampoos e loções específicas

Normalmente, o especialista indicará o uso de shampoos e loções anti caspa, que amenizam os sintomas como as descamações, vermelhidão e coceira. Vale lembrar que o problema não tem cura, o que significa que parar de usar os cosméticos anticaspa continuamente fará com que a caspa retorne.

Leia também Os 10 melhores shampoos para acabar com a caspa

Como evitar a caspa?

Embora algumas pessoas tenham predisposição ao problema por conta do excesso de oleosidade natural da pele, a mudança de hábitos pode auxiliar a prevenir e até mesmo tratar os sintomas do problema.

Evite banhos quentes

A água em altas temperaturas abre as cutículas dos fios e estimula as glândulas a produzirem ainda mais sebo. Dessa forma, a oleosidade tende a aumentar e, consequentemente, a incidência de descamações.

Não durma com os cabelos molhados

Apesar de não ser possível pegar caspa de outra pessoa compartilhando travesseiros, deitar no travesseiro com os fios molhados abafa a região do couro cabeludo, que em conjunto com a umidade da área, favorece a proliferação de fungos.

Além de contribuir para o desenvolvimento da caspa, dormir com os cabelos molhados também acarreta no surgimento da seborreia, uma inflamação do couro cabeludo que causa sintomas semelhantes à descamação da caspa.

Invista em uma alimentação saudável

A alimentação é um grande fator determinante no desenvolvimento de caspas. Isso porque consumir gorduras e açúcares em excesso como alimentos processados, industrializados e bebidas como refrigerantes, por exemplo, estimulam a produção de óleo na pele. 

Em contrapartida, alimentos ricos em vitaminas A, B, biotina, C e D, ajudam a fortalecer os cabelos, auxiliando nos cuidados com a saúde capilar.

manter uma alimentação saudável ajuda na prevenção da caspa
manter uma alimentação saudável ajuda na prevenção da caspa

Uma dica é aumentar a ingestão de água, que contribui para que a pele como um todo produza menos óleos e as toxinas do organismo seja liberada pela urina.

Controle o uso de bonés e chapéus

Usar bonés e chapéus o tempo todo pode ser uma das causas do desenvolvimento de caspa, já que esses acessórios abafam o couro cabeludo. Isso não quer dizer, porém, que eles não possam ser usados, sendo importante apenas ficar atento a utilizá-los da forma correta.

Sendo assim, você não deve usar toucas e bonés quando o cabelo estiver suado e molhado para evitar o abafamento e a umidade na região. Além do mais, procure usar os acessórios apenas quando estiver exposto ao sol ou frio, já que é fundamental deixar o couro cabeludo respirar sempre que possível.

Lave os cabelos da forma correta

Um erro muito comum que contribui para o surgimento da caspa é aplicar o condicionador no couro cabeludo, o que estimula a produção de sebo e ainda causa acúmulos na região. Como consequência, os fios ficarão mais oleosos e com mais chances de desenvolver a caspa.

Outro erro é lavar os cabelos em intervalos errados, já que cada tipo de cabelo precisa de uma rotina diferente de lavagem.

Leia também É necessário lavar o cabelo todo dia?

Agora que você viu que não tem como pegar caspa de outra pessoa, pode ficar despreocupado em compartilhar pentes, bonés e até mesmo o travesseiro. Contudo, se você possuir predisposição ao desenvolvimento da caspa como cabelos mais oleosos, invista na mudança de hábitos para evitar o desenvolvimento do problema.

Deixe uma resposta

Abrir Chat
1
Precisa de Ajuda?
Se precisar pode me chamar, meu nome é tatiana e estou disponível para te explicar como nosso produto pode te ajudar com queda e crescimento capilar 😀👍